O melhor do esporte é aqui !

CURTA A FANPAGE NO FACEBOOK

quarta-feira, 30 de novembro de 2016

Autor do chute defendido por Danilo lamenta: "Queria mudar o que passou" Zagueiro Marcos Angeleri, que protagonizou lance capital no fim da partida da semifinal entre Chapecoense e San Lorenzo, se mostrou solidário às vítimas

Por Rio de Janeiro
O lance que poderia ter mudado o destino de muitas vidas. Quando Marcos Angeleri finalizou para a grande defesa de Danilo, ao fim do jogo de volta da semifinal da Sul-Americana, entre Chapecoense e San Lorenzo, em Chapecó, acreditou, sim, que aquele foi um momento terrível. Absolutamente nada comparado ao que aconteceu depois.
O acidente com o avião da Chapecoense, na Colômbia, que ia rumo à final contra o Atlético Nacional, deixou o zagueiro do San Lorenzo muito abalado, como a todos os seus companheiros de time e ao técnico Diego Aguirre. O treinador disse, inclusive, que não parava de pensar o que poderia ter acontecido se aquela bola de Angeleri tivesse entrado. 
O zagueiro, à rádio argentina Metro, disse que o acidente o fez refletir sobre muitas coisas e frisou que queria poder mudar o que passou.
- Quando acontece esse tipo de situação, começamos a pensar que pode acontecer com todo mundo. O que vai passar por nossas cabeças na próxima vez que entrarmos em um avião? Começamos a pensar se vale a pena fazer certas coisas. Muitos, quando viajarem, pensarão primeiro nessa tragédia. Queria mudar o que passou - disse o zagueiro.
Se a bola de Angeleri tivesse entrado, era provável que o jogo terminasse 1 a 0 para o San Lorenzo, e os argentinos estariam na final da Sul-Americana, no lugar da Chape, já que o primeiro jogo havia sido empate por 1 a 1. 
INFO - acidente avião chapecoense v3 (Foto: Editoria de Arte)

Postar um comentário