O melhor do esporte é aqui !

CURTA A FANPAGE NO FACEBOOK

domingo, 27 de novembro de 2016

Daniel Alves tem fratura na fíbula e deve desfalcar Juve por até 4 meses Lateral se machucou na derrota por 3 a 1 para o Genoa e ainda será reavaliado nesta segunda. Zagueiro Bonnucci também se lesiona e deve aumentar lista de desfalques

Por Gênova, Itália
Como se não bastasse a derrota por 3 a 1 para o Genoa e a aproximação do Milan na tabela do Campeonato Italiano, o Juventus tem que lidar com mais duas más notícias neste domingo. O técnico Massimiliano Allegri deve ter dois importantes desfalques no restante do ano. O lateral-direito Daniel Alves e o zagueiro Bonucci deixaram o campo mais cedo em Gênova, foram avaliados e devem ser baixas nos próximos jogos. O brasileiro tem um problema mais grave que pode afetar até a seleção brasileira nas eliminatórias, em março do ano que vem. Ele foi diagnosticado com uma fratura na fíbula da perna esquerda.
Aos 30 minutos da segunda etapa, Daniel Alves machucou a perna esquerda em um choque do jogo e deixou o gramado. O Juve já tinha feito as três substituições e encerrou a partida com um jogador a menos. O lateral brasileiro foi encaminhado a um hospital de Gênova e teve uma fratura na fíbula da perna. A fíbula é um dos ossos da perna. Em nota, o clube italiano só diz que o jogador será avaliado nesta segunda-feira para prever o retorno do atleta. O jornal "Gazzetta dello Sport" diz que a previsão de retorno é entre três e quatro meses. Caso a previsão mais pessimista se confirme, Daniel Alves pode ser desfalque na próxima rodada das eliminatórias, nos dias 23 e 28 de março do ano que vem, contra Uruguai e Paraguai.
Daniel Alves, lateral-direito do Juventus, contra o Genoa (Foto: Marco Bertorello / AFP)Daniel Alves deixa jogo com Genoa mais cedo e vai para hospital: fratura na fíbula diagnosticada (Foto: Marco Bertorello / AFP)
Bonucci foi substituído logo aos 33 minutos de jogo. Ele teve um trauma na coxa esquerda e também será avaliado nesta segunda-feira. O Juve já conta com os zagueiros Barzagli e Chiellini, e os atacantes Pjaca e Dybala lesionados.
A Velha Senhora não perdia por dois gols de diferença no Campeonato Italiano desde o dia 30 de março de 2014, quando caiu por 2 a 0 para o Napoli. Com 33 pontos, o Juventus segue na liderança da competição, agora com quatro pontos de distância para o Milan, segundo colocado. Na próxima rodada, o time alvinegro recebe o Atalanta, em Turim, no sábado, dia 3, às 17h45.
Postar um comentário