O melhor do esporte é aqui !

CURTA A FANPAGE NO FACEBOOK

domingo, 20 de novembro de 2016

De olho na Libertadores, Furacão vence o Sport e se mantém no G6

Gazeta Esportiva

Furacão aproveitou a derrota do Botafogo e subiu para a quinta colocação (Foto: Marco Oliveira/Atlético-PR)
Furacão aproveitou a derrota do Botafogo e subiu para a quinta colocação (Foto: Marco Oliveira/Atlético-PR)
Atlético Paranaense venceu o Sport por 2 a 0, na Arena da Baixada, pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com gols de André Lima e Thiago Heleno, o Furacão consegue se manter no G6 firme na briga por uma vaga na Libertadores. O Sport segue perigosamente próximo à zona de rebaixamento.
Depois de um começo lento, o Atlético foi para cima do Sport e liquidou o jogo. Aos 21 minutos, André Lima abriu o placar em um lance de sorte, após cabecear, o rebote de Magrão bater de volta no atacante e ir para as redes. Pouco depois, aos 34, foi a vez de Thiago Heleno ampliar em cobrança de pênalti.
Na segunda etapa, o Sport tentou voltar melhor e criou algumas chances no início com Diego Souza. O Furacão, no entanto, logo retomou o controle da partida e controlou a disputa até o fim.
A vitória é muito valiosa ao Furacão, que briga ponto a ponto por uma vaga na Libertadores e agora chegou aos 55 pontos, subindo para a quinta colocação. Os times que mais o ameaçam são o Grêmio, com dois pontos a menos, e o Corinthians, que soma 51 pontos, mas tem um jogo a menos e será adversário do time paranaense na próxima rodada.
O Sport, por sua vez, segue a sua disputa na outra ponta da tabela. Apesar de não estar na zona de rebaixamento, o time pernambucano segue estacionado na 15ª colocação com 43 pontos, quatro a mais do que o Internacional, que tem um jogo a menos e no 17º lugar.
O jogo – Os primeiros minutos de partida foram marcados por muita disputa e marcação, mas poucas chances reais de gols. Aos poucos, o Atlético Paranaense foi crescendo e conseguiu chegar com perigo pela primeira vez aos 19 minutos, quando Lucho González cruzou na área, Pablo cabeceou para o meio e André Lima completou para fora.
Aos 21, o Furacão abriu o placar. Nicolas tabelou e jogou a bola na área, André Lima testou para o gol, Magrão defendeu, mas, no rebote, a bola bateu no atacante e foi para as redes. Esse foi o 14º gol do atleta na temporada, que é o artilheiro do Furacão no ano.
Atrás de uma vaga na Libertadores, o Atlético não quis dar chances para o azar e seguiu em cima do Sport até ampliar a vantagem. Aos 33 minutos, em uma jogada confusa de bate e rebate, Pablo chutou para o gol e Ronaldo desviou com o braço: pênalti. Thiago Heleno foi para a cobrança e encheu o pé no meio do gol.
Na volta para a segunda etapa, o Sport tentou crescer na partida. Aos 7 minutos, Rogério recebeu na área e rolou para Diego Souza, que bateu para fora. Pouco depois, Rithely recebeu ótimo lançamento dentro da área e bateu com a canhota, mas Weverton fez grande defesa.
O Furacão respondeu rápido. Aos 18, Nikão puxou contra-ataque e tocou para Pablo, que bateu firme, mas Magrão defendeu no canto. No minuto seguinte, Hernani recebeu no canto da área, cortou para o meio e chutou, mas o goleiro foi bem de novo.
Nos últimos 15 minutos, os treinadores fizeram todas as suas substituições, mas pouco mudou dentro do campo. O Atlético permanecia superior e controlava as iniciativas do adversário. Sem precisar se arriscar, os donos da casa apenas esperaram até o árbitro apitar o final do jogo.
FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-PR 2 X 0 SPORT
Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Data: 
20 de novembro de 2016, domingo
Horário: 
17h (de Brasília)
Árbitro:
 Dewson Fernando Freitas da Silva (Fifa-PA)
Assistentes:
 Marcio Gleidson Correia Dias (PA) e Helton Nunes (SC)
Público: 
23.802 pessoas
Cartões amarelos: 
Ronaldo e Rithely (Sport)
Gols: 
ATLÉTICO-PR: André Lima, aos 21, e Thiago Heleno (pênalti), aos 34 minutos, do primeiro tempo
ATLÉTICO-PR: Weverton; Léo, Paulo André, Thiago Heleno e Nicolas (Sidcley); Otávio, Hernani, Lucas Fernandes (Nikão), Lucho González (Marcos Guilherme) e Pablo; André Lima
Técnico: 
Paulo Autuori
SPORT: Magrão; Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Ronaldo Alves (Apodi) e Renê; Ronaldo, Rithely, Diego Souza, Everton Felipe (Gabriel Xavier) e Rodney Wallace (Túlio); Rogério
Técnico: 
Daniel Paulista
Postar um comentário