O melhor do esporte é aqui !

CURTA A FANPAGE NO FACEBOOK

terça-feira, 22 de novembro de 2016

Kagawa, moleque! Graças a Reus! Borussia bate recordes de gols Vitória sobre Legia Varsóvia tem 12 bolas nas redes, sete nos 29 minutos iniciais

Por Dortmund, Alemanha
Reus abraça Kagawa na comemoração do gol do Borussia Dortmund (Foto: REUTERS/Wolfgang Rattay)Três de um, dois do outro: Reus e Kagawa comemoram (Foto: REUTERS/Wolfgang Rattay)
No confronto entre o primeiro colocado classificado antecipadamente às oitavas de final e o lanterna do Grupo F eliminado precocemente da Liga dos Campeões, Borussia Dortmund e Legia Varsóvia gastaram a rede do Westfalenstadion. Com recordes de gols na história do torneio, sete nos 29 minutos iniciais e 12 no total, o time alemão venceu em casa por 8 a 4, pela quinta e penúltima rodada da fase. Reus foi o artilheiro do dia, com três, e Kagawa fez dois, assim como Kucharczyk.
A quantidade de gols superou os 11 feitos na vitória do Monaco sobre o La Coruña por 8 a 3, em 2003. E o placar foi o que mais rápido evoluiu na história do torneio. De virada, o Borussia abriu 5 a 2 até o minuto 29, enquanto na partida de 13 anos atrás a marca foi alcançada apenas aos 45.
Kagawa comemora gol do Borussia Dortmund (Foto: REUTERS/Wolfgang Rattay)Kagawa comemora um de seus dois gols pelo Borussia Dortmund (Foto: REUTERS/Wolfgang Rattay)
Quem também conseguiu impressionar foi o japonês Kagawa. Fez dois no intervalo de 77 segundos e foi quase tão rápido quanto Bale em 2010. Quando defendia o Tottenham Hotspur contra o Internazionale, o atacante do Real conseguiu bisar em 76 segundos.
Com 13 pontos, o Borussia manteve dois à frente do Real Madrid e leva a vantagem do empate no confronto final pela liderança da chave, dia 7 de dezembro, no Santiago Bernabéu - o GloboEsporte.com transmite o jogão ao vivo daqui a duas semanas. Os poloneses permaneceram em último, somando um apenas, dois atrás do Sporting.
Sem camisa em sua maioria, torcedores do Légia Varsóvia assistem ao jogo contra o Borussia Dortmund (Foto: REUTERS/Wolfgang Rattay)Sem camisa em sua maioria, torcedores do Légia assistem ao jogo isolados e vigiados (Foto: REUTERS/Wolfgang Rattay)
Animado pelo empate por 3 a 3 com o Real Madrid na rodada passada e de olho apenas na vaga para a Liga Europa dada ao terceiro colocado da chave, o time polonês foi com tudo para cima da equipe alemã. Abriu o placar com Prijovic logo aos 10 minutos, quando começou a sequência até os 29. Kagawa igualou e virou, aos 17 e 18, e Sahin ampliou, aos 20. O recorde de velocidade dos gols foi batido em seguida. Prijovic voltou a marcar, aos 24, e quase fez outro aos 29, quando acertou a trave. Só que foi Dembélé que balançou a rede aos 29, deixando o placar em 5 a 2.
Pouco depois, aos 32, o artilheiro da partida começou a marcar. De volta ao Borussia, recuperado de contusão, Reus ampliou a vantagem para 6 a 2 antes do intervalo. Na volta do vestiário, fez outro, aos sete. Kucharczyk diminuiu para 6 a 3, aos 12, Passlack deixou a vantagem em quatro novamente, aos 36, e Nikolic fez o quarto do Légia em seguida, aos 38.
Somente nos acréscimos é que o recorde de gols numa partida da Champions foi batido. Aos 47, Reus entrou na área e, contando com um desvio no zagueiro em seu chute, viu a bola passar por baixo das pernas do goleiro e entrar, completando seu hat-trick.
Reus faz o oitavo gol do Borussia Dortmund sobre o Légia Varsóvia (Foto: AP Photo/Martin Meissner)Bola do recorde: goleiro de perna aberta, Reus categórico, zagueiro caído (Foto: AP Photo/Martin Meissner)
Postar um comentário