O melhor do esporte é aqui !

CURTA A FANPAGE NO FACEBOOK

domingo, 20 de novembro de 2016

Ponte vence e acaba com chances do Fluminense ficar no G6

Gazeta Press Rio de JaneiroRJ

(Foto: Mailson Santana/ FFC)
Tricolor e Macaca se cruzaram em Campinas e (Foto: Mailson Santana/ FFC)

O Fluminense chegou ao oitavo jogo sem vencer no Campeonato Brasileiro, neste domingo, ao ser derrotado por 1 a 0 pela Ponte Preta, no Moisés Lucarelli. Com o resultado, os paulistas chegaram a 49 pontos, passaram pelos cariocas, e afastaram de vez o risco de rebaixamento. Já os tricolores, com a mesma pontuação que o rival, não têm mais chance de ficar no G6.
Leia mais:
Vitória goleia, rebaixa o Figueirense, e pressiona o Inter na tabela
No entanto, as duas equipes ainda podem estar na Libertadores. Para isso, o Atlético-MG precisa conquistar a Copa do Brasil.
Em uma partida com baixo nível técnico, a Ponte Preta marcou o gol da vitória no fim do primeiro tempo. O volante Wendel fez boa jogada individual e acertou belo chute. O Fluminense pouco produziu na etapa final e amargou mais um mau resultado.
Na próxima rodada, a Ponte Preta vai até o Rio de Janeiro, no sábado, para enfrentar o Botafogo, no estádio Luso-Brasileiro. Já o Fluminense atua no dia seguinte, contra o rebaixado Figueirense, no Orlando Scarpelli.
O jogo – Tanto Ponte Preta quanto Fluminense começaram a partida mais preocupados em não dar espaços ao adversário do que atacar. Com isso, o duelo ficou concentrado entre as intermediárias, pois os dois times tinham dificuldade em criar boas jogadas.
Aos poucos, o Fluminense passou a dominar o jogo e a rondar a área da Ponte Preta. Os cariocas tiveram a primeira chance do jogo aos 27 minutos, quando Richarlison achou Gustavo Scarpa na área. O meia dividiu com a zaga e ficou com a bola. No entanto, na segunda tentativa, o tricolor mandou por cima do gol.
O susto fez a Ponte Preta melhorar e equilibrar novamente o confronto. No entanto, os paulistas seguiam com problemas na parte ofensiva. Tanto que a primeira chance de gol dos donos da casa aconteceu somente aos 39 minutos, em chute da entrada da área de Rhayner que parou em fácil defesa de Julio Cesar.
Só que aos 41 minutos, a Ponte Preta abriu o placar aos 41 minutos. Wendel recebeu passe, driblou Henrique após dominar a bola e chutou sem chance para Julio Cesar.
Nos minutos finais, os donos da casa continuaram no controle do jogo, mas não conseguiram ampliar a vantagem. Mesmo assim, a Ponte Preta foi para o intervalo a frente no placar no Moisés Lucarelli.
No segundo tempo, os paulistas não quiseram saber de deixar o Fluminense buscar o empate e iniciou na pressão para ampliar o marcador. A Ponte Preta quase chegou ao segundo gol aos sete minutos. Após recuo errado, Rhayner quase colocou para a rede. O atacante foi atrapalhado por Gum e finalizou fraco, o que facilitou a defesa de Julio Cesar.
Aos poucos, o Fluminense conseguiu equilibrar a partida e passou a chegar com mais intensidade ao ataque. Os tricolores tiveram sua primeira boa chance na etapa final aos 14 minutos. Wellington Silva cruzou e Magno Alves cabeceou para boa defesa de Aranha.
Depois disso, o voltou a ficar lento, concentrado entre as intermediárias. O Fluminense tinha mais posse de bola, mas não incomodava Aranha. A Ponte Preta foi mais perigosa em um contra-ataque, aos 38 minutos. Jefferson foi lançado pela direita e cruzou para Rhayner, mas o atacante chutou pela linha de fundo.
Nos minutos finais, a Ponte Preta foi melhor e conseguiu manter a posse de bola no campo de ataque. Com isso, o Fluminense não teve chance de tentar uma pressão final e ainda teve o volante Douglas expulso antes do fim.
FICHA TÉCNICA
PONTE PRETA 1 X 0 FLUMINENSE
Local: Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP)
Data: 20 de novembro de 2016, domingo
Hora: 17h (de Brasília)
Árbitro: Marielson Alves Silva (BA)
Assistentes: Alessandro Rocha de Matos (BA) e Elicarlos Franco de Oliveira (BA)
Renda: R$ 40.220,00
Público: 4.981 pagantes
Cartões amarelos: Wendel, João Vitor e William Potker (Ponte Preta); Pierre e Gustavo Scarpa (Fluminense)
Cartão vermelho: Douglas (Fluminense)
GOL
PONTE PRETA: Wendel, aos 41min do primeiro tempo
PONTE PRETA: Aranha, Nino Paraiba (Jefferson), Antonio Carlos, Douglas Grolli e Breno Lopes; João Vitor, Wendel (Ravanelli) e Matheus Jesus; Rhayner, William Potker e Clayson (Wellington Paulista)
Técnico: Eduardo Baptista

FLUMINENSE: Julio Cesar, Wellington Silva, Gum, Henrique e Giovanni; Pierre (Marcos Júnior), Douglas, Marquinho (Magno Alves), Cícero e Gustavo Scarpa (Danilinho); Richarlison
Técnico: Marcão (interino)
Postar um comentário