O melhor do esporte é aqui !

CURTA A FANPAGE NO FACEBOOK

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

Celso Teixeira sai do Fla-PI e acerta com Treze após "proposta tentadora" Segunda passagem no Rubro-Negro do Piauí dura três jogos: duas vitórias e uma derrota. Novo desafio do técnico é no Galo: "Clube de grande torcida, de tradição"

Por Teresina
Celso Teixeira, Flamengo-PI  (Foto: Wilson Filho/Fla-PI )Celso Teixeira não é mais técnico do Flamengo-PI
(Foto: Wilson Filho/Fla-PI )
O técnico Celso Teixeira não vai continuar mais no Flamengo-PI. O treinador informou nesta segunda-feira que se desligou do comando do Rubro-Negro do Piauí, antes mesmo do clássico de sábado, contra o River-PI, pela quinta rodada do Campeonato Piauiense. Celso afirmou que acertou com o Treze, que desligou o técnico Leocir Dall'Astra no carnaval, e se apresentar nesta terça-feira no Presidente Vargas. Celso já tem compromisso no novo time: comanda o Galo contra o Atlético-PB, quarta feira, em Cajazeiras, pelo Campeonato Paraibano.  
O técnico contou ter recebido uma proposta tentadora do Treze na manhã de segunda, entrou em acordo com o Flamengo-PI e a saída do Piauí foi amigável. 
- Tive outras duas propostas, mas uma foi tentadora, bem acima do que ganho e escolhi. Conversei numa boa com o Tiago (Vasconcelos, presidente do Flamengo-PI), sai de bem, de forma tranquila. Às vezes, temos que olhar para frente - explicou Celso. 
- Faço um agradecimento para a torcida rubro-negra, que sempre nos apoiou. De longe, estarei acompanhando e torcendo. Montei um time de respeito, mesmo com folha salarial baixa, com dificuldades e mesmo assim estamos na ponta. Me orgulho disso, da determinação dos jogadores. Saio triste por deixar o time com essa responsabilidade e entrega , mas plantei uma semente no Flamengo-PI mesmo em uma situação difícil - completou Celso, que conversou com o elenco na tarde desta segunda.   
Celso Teixeira, técnico do Flamengo-PI (Foto: Érica Paz / Flamengo-PI)Celso Teixeira (Foto: Érica Paz / Flamengo-PI)

A segunda passagem de Celso Teixeira no Flamengo-PI durou três jogos: foram duas vitórias e uma derrota. A primeira vez que comandou o Fla foi em 2013.
 Tive outras duas propostas, mas uma foi tentadora, bem acima do que ganho e escolhi. (...) No Treze, fui campeão lá. É um clube de grande torcida, de respeito e de tradição. Vamos colocar o time para jogar com o elenco que tem"
Celso, sobre o desafio de treinar o Treze
- Acredito que contribui muito com  Flamengo-PI, assim como a comissão técnica e jogadores. Fiz o time que fez uma bela Copa do Brasil, jogando contra o Santos, em 2013. Nesse ano, você perde só um jogo, atuando bem em todas as rodadas. É um time considerado favorito, que tem chance. Hoje o torcedor se orgulha do time que tem dentro de campo. Não é um super time, mas uma equipe que tem perspectiva de título - comparou. 
Na semana passada, o técnico já demonstrava que a saída do Leão estava próxima. O CSE de Alagoas chegou anunciar Celso, mas ele negou o acerto com o time alagoano. Contudo, pontuou algumas dificuldades na organização do clube piauiense que poderiam culminar com seu desligamento. Celso chegou a treinar com 13 atletas no Leão.   
- Você vê que mesmo na dificuldade, o Flamengo-PI é um clube de vitrine, onde desperta o interesse de outros clubes fazendo um trabalho bom. No Flamengo-PI, recebi cinco propostas. Escolhi uma, as outras não satisfizeram. No Treze, fui campeão lá. É um clube de grande torcida, de respeito e de tradição. Vamos colocar o time para jogar com o elenco que tem - explicou Celso, sobre o desafio de assumir o Treze. 
Postar um comentário