O melhor do esporte é aqui !

CURTA A FANPAGE NO FACEBOOK

domingo, 5 de fevereiro de 2017

Palmeiras estreia no Paulista com vitória sobre o Botafogo-SP

Bruno Ceccon São PauloSP

Tchê Tchê fez o único gol do Palmeiras na vitória sobre o Botinha (Foto: Ale Cabral / Agif/Gazeta Press)
Com gol de Tchê Tchê, Palmeiras marcou primeiros três pontos no Grupo C do Paulista (Foto: Alê Cabral/Agif)
O Palmeiras estreou no Campeonato Paulista com uma vitória magra na tarde deste domingo. No primeiro jogo oficial sob o comando do técnico Eduardo Baptista, disputado no Estádio Palestra Itália, o time alviverde ganhou por 1 a 0 do Botafogo-SP.
Com o time ainda em formação, o Palmeiras fez um primeiro tempo de pouca inspiração. No começo da etapa complementar, Tchê Tchê garantiu com um chute da entrada da área a primeira vitória da gestão de Eduardo Baptista, iniciada com dois empates.
Pela segunda rodada do Campeonato Paulista, às 19h30 (de Brasília) do próximo domingo, o Palmeiras volta a campo para enfrentar o Ituano, no Estádio Novelli Júnior. Já o Botafogo-SP encara o Novorizontino às 19h30 de sábado, na condição de mandante.
O Jogo – O Palmeiras criou sua melhor oportunidade durante a etapa inicial antes do primeiro minuto. Raphael Veiga percebeu a entrada de Roger Guedes por trás da marcação pelo lado esquerdo da grande área e tocou. O atacante bateu firme, mas o goleiro Neneca fechou bem o ângulo e defendeu.
Em um primeiro tempo de poucas emoções, o momento de maior vibração da torcida alviverde ocorreu quando o telão do estádio anunciou o segundo gol do Audax contra o São Paulo. Com dificuldades, Dudu e Roger Guedes chegaram a inverter os lados do campo, mas não conseguiram criar chances.
O goleiro Fernando Prass precisou trabalhar após chutes desferidos por Rafael Bastos e Fernandinho, mas não correu maiores riscos na metade inicial. Ao final do primeiro tempo, os palmeirenses mais exigentes demonstraram insatisfação com alaridos enquanto os jogadores desciam para o vestiário.
Eduardo Baptista também não gostou do rendimento do time, a ponto de voltar para o segundo tempo com Michel Bastos e Alecsandro nos lugares de Raphael Veiga e Willian. Logo no primeiro minuto, Tchê Tchê carregou na entrada da área pelo lado direito e bateu rasteiro. Neneca pulou no canto esquerdo, mas não conseguiu defender.
O Botafogo-SP respondeu antes do 10º minuto com chutes perigosos de Samuel Santos e Marcão, ambos para fora. Com dores no ombro esquerdo, Tchê Tchê, autor do gol do Palmeiras, saiu de maca sob aplausos da torcida palestrina e acabou substituído pelo volante Thiago Santos.
Nos últimos minutos da partida, o Palmeiras trocou o esquema 4-1-4-1 pelo 4-2-3-1, com Dudu centralizado, formação usada de forma bem-sucedida durante a gestão de Cuca. A mudança no sistema, porém, não foi suficiente para mudar o marcador e Alecsandro, na briga para ser titular, acabou pouco acionado.
FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 1 X 0 BOTAFOGO-SP
Local: Estádio Palestra Itália, em São Paulo (SP)
Data: 05 de fevereiro de 2017, domingo
Horário: 17 horas (de Brasília)
Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza (SP)
Auxiliares: Danilo Ricardo Simon Manis e Luiz Alberto Andrini Nogueira (ambos de SP)
Público: 24.947 pagantes
Renda: R$ 1.472.194,47
Cartões amarelos: Tchê Tchê (PAL); Matheus Mancini, Samuel Santos, Diego Pituca, Rafael Bastos (BOT)
Gol:
PALMEIRAS: Tchê Tchê, com 1 minuto do 2º Tempo
PALMEIRAS: Fernando Prass; Jean, Edu Dracena, Vitor Hugo e Zé Roberto; Felipe Melo; Roger Guedes, Tchê Tchê (Thiago Santos), Raphael Veiga (Michel Bastos) e Dudu; Willian (Alecsandro)
Técnico: Eduardo Baptista

BOTAFOGO-SP: Neneca; Samuel Santos, Gualberto, Matheus Mancini e Fernandinho; Bileu, Marcão Silva, Diego Pituca (Bernardo) e Rafael Bastos (Vitinho); Marcão e Serginho (Wesley)
Técnico: Moacir Júnior
Postar um comentário