O melhor do esporte é aqui !

CURTA A FANPAGE NO FACEBOOK

sábado, 22 de abril de 2017

Em jogo truncado, DeMar DeRozan faz a diferença, e Raptors batem os Bucks Série está empatada em 2 a 2 agora com a vitória por 87 a 76 dos canadenses em Milwaukee. Aproveitamento ruim nas bolas de três dos dois times chama atenção

Por Milwaukee, Estados Unidos
Depois de fazer 2 a 1 na série contra o Toronto Raptors, o Milwaukee Bucks entrou em quadra neste sábado para tentar ampliar a vantagem e dar um grande passo rumo à classificação. Mas, mesmo com o apoio de sua torcida atuando em casa, o time não estava em um bom dia. Se a partida não teve um nível técnico satisfatório e foi bastante truncada, ao menos os canadenses tinham DeMar DeRozan. Ele fez a diferença para ajudar a equipe visitante a sair vitoriosa pelo placar de 87 a 76, empatando o confronto dos playoffs em 2 a 2. O próximo jogo entre as duas equipes será na segunda-feira, às 20h (de Brasília), em Toronto.  
O cestinha foi DeMar DeRozan, dos Raptors, com 33 pontos pontos. Kyle Lowry fez 18. Jonas Valanciunas e Norman Powell marcaram 12 cada um. Do lado dos Bucks, Tony Snell fez 19 pontos. Gregg Monroe e Giannis Antetokounmpo marcaram 14 cada. Khris Middleton contabilizou 10. As duas equipes tiveram aproveitamento fraco em bolas de três. O Milwaukee conseguiu apenas 23,8% (cinco de 21 tentativas); e o Toronto, 22,7% (cinco de 22 chutes longos).
DeMar DeRozan jogando pelos Raptors contra os Bucks na NBA (Foto: Jeff Hanisch-USA TODAY Sports)DeMar DeRozan jogando pelos Raptors contra os Bucks na NBA (Foto: Jeff Hanisch-USA TODAY Sports)
Serge Ibaka marcou os primeiros pontos da partida, e os Raptors abriram a contagem. Middleton respondeu aproveitando uma falha de Ibaka na enterrada, igualando para os Bucks. O jogo estava equilibrado no início, com as duas equipes brigando ponto a ponto, mas o Toronto começou a abrir uma vantagem melhor com os pontos de Kyle Lowry e DeMar DeRozan: 17 a 13. Antetokounmpo marcou seus dois primeiros pontos no jogo, a pouco mais de três minutos para o fim do quarto, e Khris Middleton deixou tudo igual em 19 a 19 na última jogada da parcial inicial, levando a torcida à loucura.
+ Confira a classificação + tabela de jogos + estatísticas
+ NBA League Pass: assine e assista a jogos ao vivo
+ Veja os produtos oficiais dos times na Loja NBA.com+ Acompanhe o dia a dia e as principais notícias da NBAVeja a tabela da primeira rodada dos playoffs da NBA
O jogo começou equilibrado novamente na segunda parcial. Valanciunas abriu a contagem, e Beasley respondeu pelos Bucks. Monroe acertou dois lances livres e colocou o Milwaukee à frente no placar, mas DeRozan deixou tudo igual. Jason Terry incendiou o confronto. Primeiro, marcou dois pontos. Depois, recuperou a bola no ataque, e Snell aproveitou para ampliar a vantagem do time da casa. Na jogada, Ibaka levou a pior e tomou uma pancada no nariz. Do lado canadense, DeRozan se destacava. Ele fechou a parcial com 21 pontos, e as duas equipes saíram para o vestiário empatadas em 41 a 41.
Kyle Lowry em ação pelos Raptors contra os Bucks fora de casa (Foto: Jeff Hanisch-USA TODAY Sports)Kyle Lowry em ação pelos Raptors contra os Bucks fora de casa (Foto: Jeff Hanisch-USA TODAY Sports)

Assim como na primeira parcial, Ibaka marcou os dois primeiros pontos para os Raptors no terceiro período. DeRozan ampliou. Snell deu o troco pelos Bucks com chute longo. Ele, aliás, mostrou ser o único jogador da partida a estar com a mão calibrada a ponto de acertar bolas de três. Fez duas em sequência. Mas, pouco depois, os visitantes passaram a acertar também. Lowry, enfim, marcou de fora do garrafão para os canadenses, e Valanciunas fez o mesmo, ajudando o Toronto a se desgarrar no placar. A parcial terminou 64 a 58 para a equipe de DeRozan e cia.
Kyle Lowry começou marcando na última parcial, que começou movimentada, mas com muitos erros, sobretudo do time do Milwaukee, um tanto quanto precipitado no duelo. Monroe marcou para o time da casa, mas com muita dificuldade em uma jogada brigada. Norman Powell recebeu de DeRozan e ampliou a vantagem dos visitantes com uma bonita bola de três. Depois, tirou onda com o banco dos adversários. Assim, os Raptors abriram 10 pontos de vantagem. Snell até conseguiu reduzir um pouco a desvantagem chutando de fora, mas não era o dia dos Bucks, que acabaram derrotados por 87 a 76.
Postar um comentário