O melhor do esporte é aqui !

CURTA A FANPAGE NO FACEBOOK

terça-feira, 25 de abril de 2017

'O problema da violência não são as organizadas', diz ministro do Esporte

As torcidas organizadas do futebol brasileiro podem ficar tranquilas. No que depender do ministro do Esporte, Leonardo Picciani, a extinção 
dessas organizações não é uma opção em estudo. 
De acordo com o ministro, o principal problema da briga entre os torcedores no futebol brasileiro são as pessoas que se infiltram nas torcidas organizadas. Picciani discorda que as torcidas promovam a violência dentro e fora dos estádios. 
- O problema da violência não é a torcida organizada. O problema são os marginais que se infiltram nas torcidas organizadas para criar baderna, confusão, praticar violência e atos de vandalismo.
Tenho a convicção que são a minoria de torcedores. Mas é uma minoria que causa um prejuízo muito grande para a sociedade e a maioria dos torcedores como um todo -considerou o ministro.
Para acabar com as brigas entre torcedores, Picciani disse que um grupo de trabalho foi criado e envolve as pastas de Esporte e Justiça. Ele destacou que seu ministério não tem autonomia para executar punições.
O ministro contou que tem procurado cumprir o papel do ministério com campanhas de conscientização e contra a violência entre a torcida. Mas reconheceu que somente elas não surtirão o efeito desejado. 
- Aqueles que causam tumulto, brigam e até matam pessoas nos estádios são uma minoria específica de arruaceiros. São pessoas que não respeitam as normas de convivência, não respeitam a lei. 
Na verdade, é um crime que se comete. Elas têm de ser tratadas como pessoas que cometem crimes. É preciso identificar e não é difícil. E ter medidas que impeçam eles de praticar esse tipo de violência - disse Picciani. 
Segundo o ministro do Esporte, as medidas que podem ser tomadas para punir os agressores ainda estão em estudo. Picciani afirmou já ter passado informações ao poder judiciário e Ministério Público para que possam estabelecer as penas. 
A expectativa do político é a de que o Judiciário determine a melhor forma de restrição aos estádios para os vândalos. Punição que pode ser um banimento, com a apresentação em delegacias ou fóruns nos dias de jogos. 

Fonte: Terra
Postar um comentário