O melhor do esporte é aqui !

CURTA A FANPAGE NO FACEBOOK

quinta-feira, 6 de abril de 2017

Viola encerra jejum de seis jogos com dois gols: "Nunca deixei me abater" Atacante, artilheiro do Piauiense e do River-PI na temporada, não balançava as redes desde há quase um mês e explica: "Sabia que marcação ia aumentar"

Por Teresina

O dia era oito de março de 2017, também no estádio Lindolfo Monteiro, também uma quarta-feira. Nesta data, o atacante Viola, artilheiro do campeonato Piauiense e do River-PI nesta temporada, marcou dois gols sobre o Parnahyba. No entanto, desde então ele não tinha mais balançado as redes. Isto acabou na noite desta quarta, quando o jogador voltou a marcar duas vezes na vitória por 3 a 0 sobre o Picos e encerrou um jejum de seis jogos sem marcar. O período de seca, segundo ele, é natural e não chegou a incomodar.
River-PI x Picos - Viola (Foto: Wenner Tito)Viola marcou duas vezes sobre o Picos nesta quarta-feira no Lindolfo (Foto: Wenner Tito)
- Sobre essa pressão de seis jogos, eu nunca deixei me abater. A gente sabia que a marcação ia dobrar sobre a gente e o espaço vai sobrando para outros jogadores, que não vinham fazendo gols e começaram (a fazer). Hoje eu fui feliz. Esses dias que tivemos para trabalhar eu fiquei martelando na minha cabeça o que eu poderia fazer para me sair bem da marcação. A gente fica feliz em voltar a marcar, e marcar no Lindolfo tem um gostinho especial – disse após a partida.
O resultado faz com que o River-PI comece o returno do Piauiense com o pé direito, após a campanha que levou o time até as quartas de final da Copa do Nordeste. O Galo foi eliminado na semifinal do primeiro turno e, se quiser voltar a participar da competição regional e da Copa do Brasil no próximo ano, precisa ser campeão agora. O fato de ser o atual tricampeão estadual pode ser encarado como um fardo para alguns, mas não para Viola.
- Acho que a gente tem que transformar essa pressão em motivação. É uma pressão gostosa porque o time é o atual campeão e a gente tem que saber lidar com isso. Se a gente quer crescer no mundo do futebol tem que se acostumar a trabalhar com pressão. Nesse primeiro jogo a gente foi feliz e que nos próximos jogos isso possa acontecer novamente – afirmou.
O Galo volta a campo na próxima quarta-feira, quando encara o 4 de Julho pela quarta rodada do returno. O jogo será na Arena Ytacoatiara, em Piripiri. Com a boa vitória sobre o Zangão, o Tricolor assumiu a segunda posição do returno, superando Altos e Flamengo-PI no saldo de gols.
Postar um comentário