O melhor do esporte é aqui !

CURTA A FANPAGE NO FACEBOOK

segunda-feira, 26 de junho de 2017

Investigação aponta doping de todo o time russo na Copa de 2014 Alguns dos jogadores que disputaram o último Mundial voltaram aos campos na Copa das Confederações de 2017

Uma nova sombra de desconfiança envolvendo o doping está para atingir o esporte russo. Uma investigação do jornal inglês "Daily Mail" denuncia que todos os membros do time de futebol que disputou a Copa do Mundo no Brasil em 2014 fizeram uso de substâncias proibidas -quatro jogadores daquele time atuaram pelo país na Copa das Confederações de 2017.
Maksim Kanunnikov, Denis Glushakov, Igor Akinfeev e Aleksandr Samedov são os jogadores da seleção russa que disputaram a Copa das Confederações e que também fizeram parte da equipe do país no Mundial. Após uma prévia em sua versão online, o "Daily Mail" promete divulgar a investigação completa em sua edição de domingo.
Segundo o jornal inglês, a Fifa já conta com um dossiê que traz essas denúncias. O "Daily Mail" alega que os jogadores que disputaram a Copa fazem parte de um grupo de cerca de mil suspeitos em todo o esporte da Rússia -incluindo todos os membros que defenderam o time nacional na Copa de 2014.
O esporte russo vem lidando com um histórico recorrente de escândalos de doping, que afetam a imagem do país desde os tempos da União Soviética. No último ano, 111 atletas foram proibidos de representar o país na Olimpíada do Rio de Janeiro, incluindo toda a equipe de atletismo, em razão de evidências de envolvimento com substâncias proibidas.
O veto veio após uma extensa investigação conduzida pela WADA (sigla em inglês para Agência Mundial Antidoping). O órgão concluiu que o ministério do Esporte russo controlava um amplo sistema que encobertou dezenas de testes positivos de atletas do país. O ápice do esquema teria acontecido na disputa dos Jogos de Inverno de 2014, em Sochi.
Agora, as novas suspeitas sobre o futebol do país devem esquentar o clima de preparação da Rússia para receber a Copa do Mundo do próximo ano.
ANFITRIÕES ELIMINADOS
Antes da aparição de um novo escândalo de doping, a seleção russa amargou uma incômoda eliminação ainda na primeira fase da Copa das Confederações.
Neste sábado (24), o time da casa foi batido pelo México por 2 a 1, de virada, e não conseguiu vaga para as semifinais. A campanha dos anfitriões também contou com revés para Portugal e apenas uma vitória, sobre a Nova Zelândia. Com informações da Folhapress.
Postar um comentário