O melhor do esporte é aqui !

CURTA A FANPAGE NO FACEBOOK

sexta-feira, 28 de julho de 2017

Sport perde para o Arsenal mas avança na Copa Sul-Americana

O Sport sofreu mais do que precisava, mas avançou para as oitavas de final da Sul-Americana, na noite desta quinta-feira, em Sarandí, na Argentina. O Leão perdeu por 2 a 1, mas como venceu o jogo de ida por 2 a 0, na Ilha do Retiro, carimbou sua vaga para a próxima fase.
O Rubro-Negro vinha perdendo por 2 a 0 até os 37 minutos do segundo tempo, e o resultado mandava a decisão para os pênaltis. Aí apareceu André, para marcar e garantir a classificação. Agora, o time de Vanderlei Luxemburgo enfrenta a Ponte Preta, que passou pelo Sol de América, na última quarta-feira. 
Depois de vencer por 2 a 0 no jogo de ida, o Sport podia administrar o resultado para sair classificado. Somente fazendo uma partida muito ruim, mais com uma noite inspiradíssima do time do Sarandí para tirar a vaga nas oitavas de final do Leão.
Mas para Vanderlei Luxemburgo, a vantagem de dois gols não dava tranquilidade, e o treinador entrou com força máxima, sem poupar jogadores como havia sido especulado anteriormente. 
Apesar de precisar de três gols para se classificar, o Arsenal não conseguia impor seu ritmo de jogo no primeiro tempo. O Sport se fechava e, de vez em quando, até chegava com perigo ao gol de Santillo.
Já Magrão era um mero espectador durante os primeiros 45 minutos do jogo. Os erros de passe e a falta de inspiração da equipe argentina impediam que o goleiro rubro-negro participasse da partida. 
Porém, na primeira chance que teve, no último ataque do primeiro tempo, o Arsenal abriu o placar. Depois de cruzamento pela direita, Magrão espalmou e Rithely não conseguiu afastar. Brunetta ficou com a bola limpa para encher o pé e colocar fogo no jogo antes do intervalo. 
Empurrados pelo gol conseguido no fim do primeiro tempo, o Arsenal voltou com muito mais intensidade para a etapa final. Encurralava o Sport no campo defensivo e rondava a área rubro-negra.
O Leão continuava apostando nos contra-ataques para criar perigo ao gol adversário. O treinador Humberto Grondona não esperou nem 15 minutos para deixar a equipe ainda mais ofensiva. Tirou o lateral Velázquez e colocou o meia Bella. Luxa colocou Rogério no lugar de Lenis, que vinha muito mal. 
O Sport recuou demais e viu o Arsenal tomar conta do jogo. Aos 19 minutos, Fragapane foi lançado e ficou cara a cara com Magrão. O goleiro salvou na primeira, mas Durval cortou mal e a bola voltou para o mesmo Fragapane, que cruzou para Contreras, que havia acabado de entrar, completar. O 2 a 0 ia levando a decisão para a disputa de pênaltis. 
Precisou levar o segundo gol para o Leão acordar e começar a jogar. Cinco minutos depois de Contreras marcar, o Sport já tinha criado três chances, com Rogério e Diego Souza.
Na última, o meia limpou a marcação e ficou de frente para Santillo, que fez grande defesa. O jogo ficou lá e cá, com as duas equipes buscando o gol. André chegou a balançar as redes aos 34, mas estava impedido. 
A pressão do Leão deu resultado aos 37 minutos. Diego Souza recebeu de Rogério, foi pela direita fazendo grande jogada e rolou para o meio. Lá estava André, que empurrou para dentro e garantiu a classificação do rubro-negro.
Faltando pouco mais de dez minutos e precisando de dois gols, o Arsenal não conseguiu mais reagir, e a vaga para as oitavas de final da Sul-Americana ficou com o time pernambucano. 

Fonte: Lance
Postar um comentário